//PRF Espanhol comentários sobre a prova

PRF Espanhol comentários sobre a prova

A prova da PRF-2021 cobrou 8 (oito) itens de língua espanhola. Isso representa 14,54% dos itens do primeiro bloco (que tinha 50 itens) e representa 6,66% do total de itens da prova.

Conclusão: quem subestimou a disciplina de língua estrangeira (não estudou, deixou para estudar na última hora etc.) pode ter cometido um erro fatal para a aprovação. 

Nota: todas as disciplinas são importantes e todas devem ser estudadas com carinho.

Falamos em todas as nossas redes sociais, nos eventos ao vivo no Estratégia, nas nossas aulas em vídeo e em nosso material em PDF que a prova de espanhol da PRF seria baseada em interpretação de textos, ou seja, o candidato que conseguisse ler e entender o(s) texto(s), teria grandes chances de acertar todas as questões.

Sabendo disso, publicamos mais de 150 textos (grupo do Telegram, site do Estratégia, adinoel.com) para que nossos alunos treinassem leitura e tradução. Isso foi fundamental para o êxito de nossos alunos na prova da PRF.

A prova da PRF contou com 8 itens de espanhol. Seis itens puramente de interpretação de texto. Um deles um misto de interpretação e gramática. Um deles (sin embargo = no obstante) de gramática. Mas esse último item demos a dica na revisão de véspera do Estratégia.

Adiante, vocês encontrarão comentários iniciais sobre a prova com um gabarito preliminar. No futuro, faremos outros comentários e poderemos mudar nosso entendimento inicial.

|Item 1. El frío extremo en Texas ocasionó problemas en la distribución de energía en ese estado.|

Gabarito preliminar da banca: CERTO

A banca apresenta gabarito preliminar como CERTO/CORRETO para este item: El frío extremo en Texas ocasionó problemas en la distribución de energía en ese estado.

O item afirma categoricamente (usa a forma verbal “ocasionó” que está no modo indicativo) que “o frio extremo no Texas ocasionou problemas na distribuição de energia nesse estado“. No entanto, com base no texto apresentado essa afirmação não pode ser considerada totalmente verdadeira já que o texto não menciona em nenhum momento que a “distribuição de energia” teve problemas. Assim, o item deve ser considerado ERRADO.

Por que o item deve ser considerado errado?

O texto é sobre eletricidade, energia elétrica. E, se podemos deduzir um problema com a energia no texto, esse problema é de fornecimento (suministro) e não de distribuição (distribución).

Antes de entrar nos detalhes de um sistema elétrico verificamos que o Dicionário da Real Academia Espanhola (rae.es) define assim as palavras “distribución” e “suministro”:

“distribución” = “Reparto de un producto a los locales en que debe comercializarse.”

“suministro” = “Acción y efecto de suministrar.” “suministrar = Proveer a alguien de algo que necesita.”

Portanto, de acordo com a Real Academia Espanhola, “distribución” é levar um produto aos locais de comercialização. E isso não é mencionado no texto. Ao contrário, podemos inferir do texto informações sobre o fornecimento de energia (cortes de energia). Vejamos informações sobre um sistema elétrico.

Um sistema elétrico de um país é dividido em geração, transmissão, distribuição e comercialização. Em nenhum momento do texto há informação sobre problemas na distribuição de energia elétrica no Texas. O texto até faz referência à geração (produção de energia), mas faz referência à distribuição.

O texto menciona instalações fora de serviço (Al mismo tiempo, las instalaciones de gas natural, carbón, eólicas y nucleares en Texas han quedado fuera de servicio debido a las impensables bajas temperaturas.). No entanto, não se informa se essas instalações se referem à geração, transmissão, distribuição ou comercialização.

De acordo com os especialistas da área de energia elétrica a “geração pode ser centralizada – quando a energia é produzida em um local, por usinas de maior porte, e posteriormente transmitida e distribuída para o consumidor por meio das redes de transmissão e de distribuição – ou distribuída – quando é produzida no centro de consumo ou próximo dele”. (ver: https://www.alemdaenergia.com.br/voce-sabe-como-funciona-o-setor-eletrico-no-brasil/).

De acordo com especialistas da área, a geração é a produção de energia elétrica. A transmissão é levar a energia elétrica até as distribuidoras. A distribuição é levar a energia elétrica até empresas que fornecem energia para o consumidor final. A comercialização é a venda da energia elétrica ao consumidor final. 

(ver NR-10 sobre Segurança de Instalações e Serviços de Eletricidade do Ministério da Economia: https://www.gov.br/trabalho/pt-br/inspecao/seguranca-e-saude-no-trabalho/ctpp-nrs/norma-regulamentadora-no-10-nr-10)

(ver Manual de Auxílio à Interpretação da NR-10: https://www.gov.br/trabalho/pt-br/inspecao/manuais-e-publicacoes/manual_de_auxilio_na_interpretacao_e_aplicacao_da_nr_10.pdf/view)

Além dessas informações, vários estudos demonstram que o sistema elétrico do Texas é composto de geração, transmissão, distribuição e comercialização. Isso é demonstrado em um estudo realizado, entre outros, pelo grupos de estudos do setor elétrico da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Universidade de São Paulo, CPFL Energia. O estudo se encontra neste link:

(https://www.cpfl.com.br/energias-sustentaveis/inovacao/projetos/Documents/PB3002/caracteristicas-de-sistemas-eletricos-de-paises-selecionados.pdf)

De acordo com o estudo, na página 392, no Texas a “distribuição inclui as linhas com voltagem inferior a 69KV e é representada pelas TDUs (Transmission Delivery Utilities), proprietárias dos ativos de transmissão regulados pela PUC. Quanto à comercialização, há atuação de diversos REPs (Retail Electric Providers), que estão proibidos por lei de possuírem plantas geradoras e devem comprar eletricidade no atacado para atender à demanda dos consumidores. Há 186 varejistas certificados e mais de 1.100 agentes no mercado elétrico do Texas“.

Como podemos verificar no Texas há um sistema de distribuição e um sistema de comercialização de energia elétrica. E, de acordo com as informações do texto, não se pode afirmar (com absoluta certeza) que o frio ocasionou problemas na distribuição de energia elétrica. Aliás, o texto até fala em cortes de energia, mas não especifica quem provoca esses cortes de energia. Quem provocou os cortes foram as distribuidoras de energia elétrica? Quem provocou os cortes foram as empresas comercializadoras (fornecedoras) de energia elétrica?

É importante recordar que o texto apresentado na prova foi adaptado pela banca. O texto original (ver link abaixo) pode até mencionar ou dar a entender que ocorreu problemas com as distribuidoras de energia elétrica (distribuição de energia elétrica). No entanto, apenas pelo texto adaptado não se pode considerar a afirmação do item 1 como correta.

Pelo exposto anteriormente, o gabarito preliminar da banca que considera o item como CERTO, deve ser modificado para ERRADO. Caso os examinadores considerem o texto do item confuso (misturou-se os conceitos de distribuição de energia e fornecimento de energia), o item deve ser anulado.

Link para texto original: https://cnnespanol.cnn.com/2021/02/17/texas-produce-mas-energia-que-cualquier-estado-apagon/

|Item 2. Pese a las bajas temperaturas, la producción de energía consiguió funcionar normalmente en Texas.|

Gabarito: ERRADO

O item afirma equivocadamente que “apesar das baixas temperaturas, a produção de energia conseguiu funcionar normalmente no Texas“.

O texto fala em funcionar normalmente, mas não foi isso que aconteceu. Na verdade, as fontes de energia tiveram um rendimento baixo, ou seja, não funcionaram normalmente. Vejamos isso no texto:

«El frío extremo está haciendo que todo el sistema se congele», dijo Jason Bordoff, un exfuncionario de energía de la administración Obama y director del Centro de Política Energética Global de la Universidad de Columbia. «Todas las fuentes de energía tienen un rendimiento bajo en el frío extremo porque no están diseñadas para manejar estas condiciones inusuales».

|Item 3. Los cambios en la producción de energía en Texas repercuten en todo el territorio estadounidense.|

Gabarito: CERTO

O item afirma corretamente que “as mudanças na produção de energia no Texas repercutem em todo o território americano“.

O texto fala em efeito dominó em todo o país, ou seja, repercutiu em todo país. Vejamos isso no texto:

«El frío extremo está haciendo que todo el sistema se congele», dijo Jason Bordoff, un exfuncionario de energía de la administración Obama y director del Centro de Política Energética Global de la Universidad de Columbia. «Todas las fuentes de energía tienen un rendimiento bajo en el frío extremo porque no están diseñadas para manejar estas condiciones inusuales».

El efecto dominó se está sintiendo en todo el país a medida que la prolífica industria de petróleo y gas de Texas se tambalea.“.

|Item 4. El vocablo “Eso”, en el último párrafo, alude a la decisión tomada por Texas de aislar su red energética del resto del país.|

Gabarito: CERTO

O item afirma corretamente que “o vocábulo “eso“,  no último parágrafo, alude à decisão tomada pelo Texas de isolar sua rede de energia do resto do país”. 

Vejamos isso no texto:

La crisis energética en Texas también plantea preguntas sobre la naturaleza de la red eléctrica desregulada y descentralizada del estado. A diferencia de otros estados, Texas ha tomado la decisión consciente de aislar su red del resto del país.

Eso significa que cuando las cosas van bien, Texas no puede exportar el exceso de energía a los estados vecinos. Y en la crisis actual, tampoco puede importar energía.“.

|Item 5. La ausencia de viento es el principal motivo de la escasez de producción de energía eólica en Texas durante la época descrita.|

Gabarito: ERRADO

O item afirma equivocadamente que “a ausência de vento é o principal motivo da escassez de produção de energia eólica no Texas durante a época descrita“.

De acordo com o texto, o motivo não é a falta de vento. Na verdade, seria um problema político. Vejamos no texto:

Sin embargo, algunos expertos dicen que las críticas a la energía eólica ya parecen exageradas.

«En términos del juego de la culpa, el enfoque en el viento es una pista falsa. Es más un problema político que lo que está causando los problemas de energía en la red», dijo Dan Cohan, profesor asociado de Ingeniería Ambiental en la Universidad de Rice.“.

|Item 6. Algunos estados, como Florida, producen energía en una escala comparable a la de Texas.|

Gabarito: ERRADO

O item afirma equivocadamente que “alguns estados, como Flórida, produzem energia em uma escala comparável à dos Texas“.

O texto informa que o Texas produz quase o dobro que a Flórida. Logo, não temos uma escala comparável. Vejamos isso no texto:

Es sorprendente que estos cortes de energía estén ocurriendo en un estado con abundantes recursos energéticos. Texas produce más electricidad que cualquier otro estado de Estados Unidos, generando casi el doble que Florida, el siguiente más cercano, según estadísticas federales.“.

|Item 7. Existen lugares en el mundo donde la energía eólica funciona bien a muy bajas temperaturas.|

Gabarito: CERTO

O item afirma corretamente que “existem lugares no mundo onde a energia eólica funciona bem a temperaturas muito baixas“.

Conforme o texto, Iowa e Canadá são lugares de climas mais frios (baixas temperaturas) nos quais com o vento (energia eólica) se obtém uma proporção ainda maior de energia.

Aunque otros lugares con clima más frío (como Iowa y Dinamarca) dependen del viento para obtener una proporción de energía aún mayor, los expertos dijeron que las turbinas en Texas no fueron acondicionadas para la helada inesperada. La protección contra el clima frío, como el anticongelante y los elementos calefactores dentro de las palas y componentes de la turbina, no se usan comúnmente en Texas.“.

|Item 8. En “Las centrales eléctricas de gas natural y carbón necesitan agua para mantenerse en línea. Sin embargo, esas instalaciones de agua se congelaron con las bajas temperaturas e otras perdieron el acceso a la electricidad que necesitaban para funcionar”, es posible reemplazar la locución “Sin embargo” por No obstante, sin alterar el significado del texto.|

Gabarito: CERTO

Basicamente, o item afirma que é possível substituir a locução “sin embargo” por “no obstante“, sem alterar o significado do texto. Isso está correto. 

As duas expressões são utilizadas com o propósito de demonstrar adversidade, oposição ou contraste.

Vejamos o que diz o Dicionário da Real Academia Espanhola (rae.es):