//ENEM-ESPANHOL – QUESTÕES – ARTIGO 2/45

ENEM-ESPANHOL – QUESTÕES – ARTIGO 2/45

Olá a todos!

Hoje, temos o nosso segundo artigo da série de artigos que trarão para vocês questões das provas do ENEM do ano de 2012 até 2018. Vamos começar com questões do último ano até chegar às questões de 2012.

Ao todo serão 45 artigos que serão publicados de 3 em 3 dias a partir de hoje. Então, teremos hoje a publicação deste segundo artigo, depois outro será publicado dia 01/12/2018, outro em 04/12/2018, e assim por diante.

Então, sem mais delongas vamos aos comentários da questão do ENEM-2018.

Boa leitura.

Prof. Adinoél Sebastião

@adinoel.sebastiao / www.adinoel.com / adinoel.sebastiao@gmail.com

PACOTE ENEM-2019


ENEM-2018 – prova amarela – questão 02 – tradução livre

Maio

15

Que amanhã não seja outro nome de hoje

No ano de 2011, milhares de jovens, despojados de suas

casas e de seus empregos, ocuparam as praças e as ruas

de várias cidades da Espanha.

E a indignação se difundiu. A boa saúde resultou

mais contagiosa que as pestes, e as vozes dos

indignados atravessaram as fronteiras desenhadas nos

mapas. Assim ressoaram no mundo:

Nos disseram “para as ruas”, e aqui estamos.

Desliga a televisão e vá para a rua.

A chamam crise, mas é roubo.

Não falta dinheiro: sobram ladrões.

Os mercados governam. Eu não votei neles.

Eles tomam decisões por nós, sem nós.

Aluga-se escravo econômico.

Estou procurando meus direitos. Alguém os há visto?

Se não nos deixam sonhar, não os deixaremos dormir.


ENEM-2018 – prova amarela – questão 02 – comentários

A questão acima é uma questão de interpretação de texto. Não se cobrou nenhum conteúdo específico de gramática nesta questão.

A questão foi elaborada de forma que devemos buscar qual alternativa completa o enunciado apresentado. O enunciado a ser complementado é este: “Ao elencar algumas frases proferidas durante protestos na Espanha, o enunciador transcreve, de forma direta, as reivindicações dos manifestantes para“.

Pois bem, diante do que foi apresentado percebemos que estamos diante de uma questão de completar lacuna. Assim:

Ao elencar algumas frases proferidas durante protestos na Espanha, o enunciador transcreve, de forma direta, as reivindicações dos manifestantes para ___________________.

Então, o que devemos fazer é verificar qual alternativa completa o enunciado apresentado para a questão. Vamos testar todas as alternativas.

Alternativa “A”

Ao elencar algumas frases proferidas durante protestos na Espanha, o enunciador transcreve, de forma direta, as reivindicações dos manifestantes para provocá-los de forma velada.

Pela construção acima, perguntamos: provocar quem de forma velada?

Pois é, não temos essa informação de quem foi provocado no texto, por isso a alternativa não é a resposta da questão.

Alternativa “B”

Ao elencar algumas frases proferidas durante protestos na Espanha, o enunciador transcreve, de forma direta, as reivindicações dos manifestantes para dar voz ao movimento popular.

A alternativa é a resposta para a questão. Notem que o enunciado informa que o enunciado transcreve as frases proferidas de forma direta, ou seja, o autor usa o recurso de redação do discurso direto, repetindo exatamente as frases proferidas. É como se fossem os manifestantes falando dentro do texto. Assim, ao fazer isso (transcrever as frases na forma de redação de discurso direto) o autor está dando voz ao movimento popular.

Alternativa “C”

Ao elencar algumas frases proferidas durante protestos na Espanha, o enunciador transcreve, de forma direta, as reivindicações dos manifestantes para fomentar o engajamento do leitor.

A construção está errada. Quando o autor usa o discurso direto (conforme é informado no enunciado), não busca o engajamento do leitor, mas sim quer transmitir a mensagem dos manifestantes.

Alternativa “D”

Ao elencar algumas frases proferidas durante protestos na Espanha, o enunciador transcreve, de forma direta, as reivindicações dos manifestantes para favorecer o diálogo entre governo e sociedade.

Nada no texto mostra uma busca do autor por um diálogo entre governo e sociedade. Portanto, a construção acima está errada.

Alternativa “E”

Ao elencar algumas frases proferidas durante protestos na Espanha, o enunciador transcreve, de forma direta, as reivindicações dos manifestantes para instaurar dúvidas sobre a legitimidade da causa.

No texto apresentando, em nenhum momento o autor buscou colocar em dúvida a legitimidade do movimento dos manifestantes.

Resposta: “B”.